25.3 C
Manaus
26 de fevereiro de 2024 | 06:20

Grávida é agredida e torturada por namorado que desconfiava de traição

Socos e ameaças marcaram a vida de uma mulher de 21 anos, grávida de 4 meses, em Manaus. O caso chegou ao limite na tarde da última quarta-feira (9-fev).

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), prendeu, em flagrante, um motorista de aplicativo, de 22 anos, pelos crimes de tortura e injúria com violência doméstica, cometidos contra a mulher.

A prisão ocorreu no bairro Aleixo, zona centro sul da capital. De acordo com a delegada Débora Mafra, a vítima está grávida de 4 meses, fruto de seu relacionamento com o autor.

No dia a agressão, o casal foi para uma clínica médica a fim de realizar um ultrassom de rotina. Em determinado momento, o homem retirou a vítima à força do local.

Agressão grave

Em certa ocasião, o autor parou o veículo em uma área de mata, obrigando a vítima a descer e ir para área com ele. No local, jogou-a no chão, subiu nela e desferiu novos socos em sua barriga.

“Ele pegou um canivete e machucou a orelha direita da vítima. Também colocou a faca no pescoço dela, ameaçando que furaria sua barriga. A jovem chorou e clamou pela vida dela e do bebê”, relatou a titular.

Débora explica que após o ocorrido, ele foi até a casa da mãe do ex-companheiro da vítima, de quem ela está separada há dois anos.

Ao tomar conhecimento sobre os ocorridos, as equipes deram início à ação policial, momento em que se deslocaram até a residência do homem. Ele foi preso.

O homem responderá pelos crimes de tortura e injúria combinados com a violência doméstica e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia também outras matérias

Superlua hoje promete deixar o céu ainda mais romântico em Manaus

Redação Zero Hora AM

TCE-AM utiliza demandas populares para fiscalizar políticas públicas do Governo do Amazonas

Redação Zero Hora AM

Onda solar chega à Terra na segunda-feira e pode deixar países sem Internet

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo