31.3 C
Manaus
22 de maio de 2024 | 13:07

Adivinha quem vai aumentar de novo; reajuste vale a partir de amanhã

A Petrobras informou hoje (25-out) que haverá novos reajustes nos preços da gasolina e do diesel vendidos às distribuidoras. Os valores dos combustíveis devem ter aumento de 7,04% e 9,15%, respectivamente.

Essa é a segunda alta promovida no preço da gasolina, pela companhia, apenas em outubro.

Em nota, a Petrobras informou reiterar “seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais”.

Os ajustes são “importantes”, segundo a companhia, para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento.

O alinhamento de preços ao mercado internacional se mostra especialmente relevante no momento que vivenciamos, com a demanda atípica recebida pela Petrobras para o mês de novembro de 2021. Os ajustes refletem também parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio”, assegurou a estatal.

No dia 22 de outubro, o preço médio do litro de gasolina subiu 0,61%,, passando de R$ 6,321 para R$ 6,36. No acumulado em um ano, o aumento é de 41,96%. Em alguns Estados como Rio Grande do Sul (R$ 7,469) e Rio de Janeiro (R$ 7,399), o preço ultrapassou R$7 por litro.

 

Leia também outras matérias

Câmara Cidadã acontece dias 11 e 12 de abril, no Sambódromo, anuncia Caio André

Hugo Bronzere

Aleam deve criar cartilha com todas as leis em benefício das mulheres, propõe deputado Wilker Barreto

Redação Zero Hora AM

Deputados que apoiam Wilson Lima recusam projeto que dá transparência aos gastos do governo

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo