25.3 C
Manaus
26 de fevereiro de 2024 | 07:08

Anvisa libera CoronaVac para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou hoje (20-jan) a aplicação da vacina CoronaVac em crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos. A medida inclui um veto ao uso em pessoas com baixa imunidade.

Veja, abaixo, seis pontos de destaque da decisão:

  1. CoronaVac está liberada para público entre 6 e 17 anos.
  2. Não pode ser aplicada imunossuprimidos, que são pessoas com baixa imunidade.
  3. Aplicação está liberada para público com comorbidades (doenças ou condições prévias que agravam a Covid-19).
  4. Imunização será em duas doses aplicadas em intervalo de 28 dias (quatro semanas).
  5. Vacina é a mesma usada em adultos, sem adaptação de versão pediátrica.
  6. Anvisa não determinou quando começa a vacinação: distribuição de doses, cronograma e alteração de planos dependem dos estados e do Ministério da Saúde.
  7. Em SP, a aplicação com a CoronaVac já começou.

A decisão unânime (todos os cinco diretores foram favoráveis) foi tomada na análise do segundo pedido apresentado pelo Instituto Butantan para liberação do imunizante contra a Covid-19 para crianças.

O Butantan buscava licença para imunizar a faixa a partir de 3 anos, mas a agência optou por aguardar até que mais estudos sejam apresentados sobre crianças abaixo dos 6.

O primeiro pedido do Butantan foi enviado em julho de 2021 e foi negado porque os dados dos estudos apresentados naquele momento foram considerados insuficientes.

A segunda solicitação foi protocolada em dezembro e, desde então, Anvisa e Butantan realizaram uma sequência de reuniões e mais de 10 estudos sobre o imunizante foram entregues para a agência.

A CoronaVac já é usada ou foi autorizada em crianças de diferentes faixas etárias em pelo menos seis países e em Hong Kong:

  • Camboja: começou a vacinar crianças a partir dos 5 anos em novembro
  • Chile: aprovada para crianças a partir dos 3 anos em setembro
  • China: já começou a aplicar a vacina em crianças a partir dos 3 anos
  • Colômbia: começou a aplicar a vacina em crianças de 3 a 11 anos em 31 de outubro
  • Equador: aprovada para crianças de 5 a 11 anos em outubro
  • Hong Kong: aprovada para crianças a partir dos 3 anos em novembro. A previsão era de que crianças a partir de 5 anos começassem a ser vacinadas nesta semana
  • Indonésia: começou a aplicar a vacina em crianças de 6 a 11 anos em dezembro; já vacinava adolescentes de 12 a 17 anos

Esquema vacinal e composição

O esquema vacinal para crianças é o mesmo recomendado para os adultos: duas doses aplicadas em um intervalo de 28 dias.

A vacina será a mesma já aplicada na população em geral (no caso da Pfizer, primeira autorizada para crianças, há uma formulação diferente para o público infantil).

 

Leia também outras matérias

Homem recebe R$ 900 mil de salário por engano e não devolve ao patrão; o que você faria?

Redação Zero Hora AM

INTEGRANTES DA FACÇÃO MAIS VIOLENTA DA COLÔMBIA CONSEGUEM ENTRAR NO AMAZONAS

Redação Zero Hora AM

Disque 100 receberá denúncias de pessoas discriminadas porque não querem se vacinar

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo