30.3 C
Manaus
6 de dezembro de 2022 | 19:58

Após ser vaiado no colégio da PM, Wilson Lima diminui número de salas de aula

Os pais de alunos do 9° ano Colégio da Polícia Militar (CMPM V) localizado no Parque das Laranjeiras, na zona centro-sul de Manaus, terão que transferir seus filhos para o período noturno.

Segundo o pais, as imposições são aplicadas após a saída da diretora do colégio, a tenente coronel Jadna Barros. Os pais dizem que o governador Wilson Lima teria participado de uma solenidade no colégio e saiu do evento em baixa de vaias.

Após o ocorrido, Wilson mandou transferir a diretora do colégio e não quis renovar os contratos de locação com a família Lins, proprietária do prédio onde funciona o CMPM V.

Os país tiveram uma reunião hoje (12-nov) de manhã para chamar atenção das autoridades.

NOTA DO GRUPO DE PAÍS

PAIS DE ALUNOS CMPM V

Nós, pais na condição de cidadãos e responsáveis por nossos filhos, manifestamos repúdio e negamos aceitar a proposta desrespeitosa, publicada e imposta pela gestão da Escola Estadual Coronel Candido Mariano (Colégio Militar da Policia Militar V – CMPM V), argumentando a falta de salas de aula por falta de pagamento do aluguel das mesmas, e tendo como solução a transferência de nossos filhos a outras escolas sem o nosso consentimento, também, a mudança de turnos matutino e vespertino para jovens menores de 16 anos ao turno noturno.

Isto é brincar com a dignidade das pessoas, nossos filhos foram matriculados nos seus respectivos horários, onde organizamos nossas vidas para nos adequarmos a rotina escolar.

Sabemos da seriedade de nosso Governador do Estado, temos certeza que isto ocorre sem seu conhecimento, e apelamos por sua intromissão neste assunto, o qual com certeza garantirá a manutenção de nossos filhos na Escola Estadual Coronel Candido Mariano (Colégio Militar da Policia Militar V – CMPM V), localizada no Parque das Laranjeiras, respeitando nossa dignidade enquanto cidadão e pais de famílias.

Somos cidadãos acima de tudo, merecemos respeito, a educação é base da formação e preparação para a vida de nossos filhos. Não somos marionetes para sermos tratados como coisas e de forma tão desrespeitosa.

Por isso, encaminhamos nossos pedidos a Secretaria de Educação e Desporto e ao Governador do Estado para as providencias em nossa defesa e dos direitos de nossos filhos, hora tão desrespeitados pela decisão imposta pela Gestão da Escola Estadual Coronel Candido Mariano (Colégio Militar da Policia Militar V – CMPM V).

Assim, nós PAIS nos manifestamos na certeza de atendimento.

Leia também outras matérias

Senador Omar assegura compromisso para buscar novos segmentos para a Zona Franca

Redação Zero Hora AM

Senador Omar defende união em defesa da Zona Franca e confirma Cheila Moreira como suplente

Redação Zero Hora AM

No Iranduba, deputado Pablo conhece projetos voltados à proteção de mulheres e combate às drogas

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: