25.3 C
Manaus
23 de julho de 2024 | 02:30

Atlas da Violência revela crescimento de mortes violentas entre 2020 e 2021

Redação ZH – Divulgado anualmente, o Atlas da Violência 2023 revelou que o Amazonas é o Estado brasileiro que, proporcionalmente, apresentou mais homicídios entre os anos de 2020 e 2021.

O documento divulgado ontem (05-dez), em Brasília, aponta que no Amazonas houve aumento de quase 35% nas mortes violentas em comparação ao ano de 2020.

O levantamento reúne dados do Ministério da Saúde, com informações de todo o País.

Segundo o Atlas da Violência, em 2020, no Amazonas, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes foi de 31,5%.

O levantamento informou que a taxa registrada em 2021 foi de 42,5%. Isso representa um aumento de 34,9% entre os anos.

O Atlas apontou ainda que o Amazonas teve o registro de 1.326 homicídios em 2020. O número de casos no ano seguinte foi de 1.816.

Entre os anos, o aumento percentual de homicídios registrados foi de 37%.

O índice coloca o Amazonas como o Estado campeão percentual em assassinatos, superando todos os Estados, revelou o Atlas da Violência 2023.

O que diz a Secretaria de Segurança do AM

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas divulgou nota à imprensa, onde informa os investimentos feitos pelo Governo do Estado para conter a violência.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informa que a partir de investimentos realizados pelo Governo do Amazonas ao longo dos últimos anos, como a aquisição de novas tecnologias de monitoramento, novos equipamentos, entre eles armamento, munição e viaturas, a realização de concurso público, tem sido possível manter os índices de a Mortes Violentas Intencionais no estado.

Entre janeiro e outubro de 2023, a queda registrada nesse tipo de crime foi de 6,3%. Em Manaus, essa redução alcançou 12% e o bairro da Compensa, na zona Oeste da capital, registrou o maior percentual de diminuição, 65%.

Tal queda é resultado do trabalho da SSP-AM, por meio das Polícias Militar (PMAM) e Civil (PC-AM) e da realização de operações como Fronteira Mais Segura, Operação Hórus e Operação Paz, desencadeadas com o apoio do Governo Federal.

É importante ressaltar que o Governo do Amazonas segue investindo e adquiriu, lanchas blindadas e novos armamentos, empregados em operações nos rios e nas áreas fronteiriças, como parte do trabalho feito pela Base Fluvial Arpão 1, instalada em Coari, que somente este ano, de 1º de janeiro a 22 de novembro de 2023, já retirou de circulação mais de R$ 75,5 milhões com a apreensão de entorpecentes, armas de fogo, munições e pescado ilegais.

Ao todo, o acumulado de apreensões realizadas pela Base Arpão 1 é de R$ 75.335.088,23. Somente em drogas, foram mais de 2,1 toneladas apreendidas pelas Forças de Segurança, o que representa um dano de R$ 63.006.659,98 ao crime organizado.

A implantação de uma nova base fluvial já está em execução. A Base Fluvial Arpão 2 está em fase de conclusão e em breve entrará em operação para atuar no combate ao narcotráfico e deve operar no Rio Negro.

A SSP-AM destaca, que nos últimos quatro anos o Governo Estadual, realizou 15 entregas de itens para a modernização da segurança pública do estado. Somente em 2023, ocorreram três entregas para as Forças de Segurança e Salvamento.

A primeira entrega ocorreu em janeiro, com o reforço de 68 novas viaturas de quatro e duas rodas e outros quatro mil itens em equipamentos.

Em maio, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) foi contemplado com o recebimento de viaturas de combate a incêndio, veículos tipo ambulância, lancha, drones, computadores e outros equipamentos e materiais, totalizando 3,3 mil itens e investimentos de R$ 7,2 milhões.

O governador Wilson Lima entregou, no dia 14 de setembro, mais duas lanchas blindadas ao sistema de segurança pública, que passou a contar com sete embarcações, para o fortalecimento das ações de patrulhamento nos rios do estado e nas áreas de fronteiras.

As embarcações atendem as demandas da Polícia Militar do Amazonas e Polícia Civil e foram projetadas exclusivamente para percorreram os rios amazonenses.

Para reforçar o quantitativo de pessoal, o Governo do Amazonas realizou em 2022 concurso público para as Polícias Militar, Civil, Corpo de Bombeiros, Detran e SSP, após 11 anos sem a realização de certames para a área.

No dia 6 de novembro, o Governo do Amazonas realizou o chamamento de 1.704 aprovados em concursos da área de Segurança Pública. A ação representa um investimento do estado de R$ 12 milhões por mês.

Do total, foram chamados 1.121 aprovados da Polícia Militar do Amazonas (PMAM); 253 do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM); 170 da Polícia Civil do Amazonas (PCAM); 108 do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM); 40 da Secretaria de Segurança Pública (SSP/AM); e 12 do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), vinculado à SSP/AM.

 

Leia também outras matérias

Pix consolida-se como meio de pagamento mais usado no País

Redação Zero Hora AM

Cantor é morto com 10 tiros na frente da esposa e filhos em Manaus

Redação Zero Hora AM

DESUNIDOS – Classe artística do AM emudece diante perseguição a humorista

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo