28.3 C
Manaus
27 de fevereiro de 2024 | 17:00

Condenado por estupro, Robinho se isolou em condomínio de luxo e está com depressão

O jogador Robinho não pode deixar o Brasil. Caso saia do País, pode ser preso pela Interpol por causa da condenação por estupro na Justiça Italiana. A decisão judicial, em última instância, saiu no dia 19 de janeiro de 2022.

Robinho, que já vivia isolado desde o ano passado, está ainda mais recluso. A condenação do jogador virou notícia em todo o mundo, por isso amigos do atleta suspeitam que ele esteja com depressão.

Como não pode ser extraditado, ele está livre no Brasil e fica na maior parte do tempo na sua casa, localizada no luxuoso condomínio Jardim Acapulco, no Guarujá (SP). Por outro lado, agora não pode sair do país, já que a Itália emitiu mandado de prisão internacional.

Leia também outras matérias

Filho mata mãe e esfaqueia avó na zona norte de Manaus

Redação Zero Hora AM

Polêmica: Angélica diz que mulheres querem ganhar vibrador de presente no Dia das Mães

Redação Zero Hora AM

Sassá da Construção fiscaliza reforma da Feira do Santo Antônio, atingida por incêndio

Hugo Bronzere
Carregando....
Pular para o conteúdo