32.3 C
Manaus
22 de maio de 2024 | 17:29

Condenado por estupro, Robinho se isolou em condomínio de luxo e está com depressão

O jogador Robinho não pode deixar o Brasil. Caso saia do País, pode ser preso pela Interpol por causa da condenação por estupro na Justiça Italiana. A decisão judicial, em última instância, saiu no dia 19 de janeiro de 2022.

Robinho, que já vivia isolado desde o ano passado, está ainda mais recluso. A condenação do jogador virou notícia em todo o mundo, por isso amigos do atleta suspeitam que ele esteja com depressão.

Como não pode ser extraditado, ele está livre no Brasil e fica na maior parte do tempo na sua casa, localizada no luxuoso condomínio Jardim Acapulco, no Guarujá (SP). Por outro lado, agora não pode sair do país, já que a Itália emitiu mandado de prisão internacional.

Leia também outras matérias

“Tiro esportivo é uma das minhas paixões”, declara dep. Pablo em inauguração de clube de tiro

Redação Zero Hora AM

Governo do Amazonas garante no STF votação favorável ao uso de créditos de ICMS da ZFM

Redação Zero Hora AM

Amazonas participa do maior evento municipalista da América Latina

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo