28.3 C
Manaus
15 de abril de 2024 | 01:43

Dia de Combate ao Câncer de Próstata: diagnóstico precoce ainda é o melhor jeito de controlar a doença

Nesta quinta-feira (17-nov) acontece o Dia de Combate ao Câncer de Próstata. A data, que integra as atividades do Novembro Azul, ganhou destaque pela Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM).

O órgão alerta a todos os homens do Amazonas sobe a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Segundo a secretaria, é fundamental que os homens, sobretudo aos maiores de 50 anos, busquem atendimento médico para realização de exames de rastreio da doença.

O secretário de Saúde do Amazonas, o médico urologista Anoar Samad, ressalta à população masculina que o câncer de próstata é assintomático, o que dificulta o diagnóstico precoce e retarda o início do tratamento.

O secretário disse que manter as consultas médicas de rotina é a melhor forma de rastrear a doença logo no início.

“O rastreio do câncer de próstata deve iniciar com a realização do exame de sangue PSA e, após os 50 anos, é imprescindível que o homem realize o exame de toque retal. É imperativo acabar com o preconceito, pois somente assim poderemos salvar vidas por meio do diagnóstico rápido e precoce do câncer, e do início imediato do tratamento”, explicou.

Dados de câncer de próstata no Amazonas são alarmantes

A Fundação Centro de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) recebeu 261 novos casos da doença no ano de 2019 e 160 em 2020. Já a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), ligado ao Ministério da Saúde, aponta 480 novos casos a cada ano do triênio 2020-2022.

Muitos desses novos casos são rastreados quando a doença já está em fase avançada. Por isso, é recomendado que o rastreio de câncer de próstata se inicie a partir dos 45 anos para homens com fatores de risco, e aos 50 anos para homens sem fatores de risco.

O diagnóstico precoce é importante para aumentar as chances de cura do paciente.

As consultas médicas são realizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), nas quais o médico solicita o exame de sangue PSA. E a consulta urológica, bem como o exame de toque retal, são agendados pelo Sistema de Regulação e realizados em unidades de saúde especializadas.

Tratamento

Na rede pública estadual de Saúde, o tratamento de câncer de próstata é ofertado pela Fundação Centro de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), na zona centro-oeste de Manaus, com atendimento especializado em urologia para casos que vão desde a fase inicial até a tardia, como explica o urologista André Mancini.

“Na Fundação Cecon, o serviço está habilitado para o tratamento de câncer de próstata nas suas diferentes etapas, com serviço de urologia completo, realização de cirurgia de tumor de próstata, nos casos mais selecionados o bloqueio hormonal e no caso de tumor mais avançado, a oncologia tem tratamento de hormonioterapia, quimioterapia, serviço de radioterapia externa”, pontuou o especialista.

Novembro Azul

A campanha Novembro Azul é realizada anualmente com intuito de conscientizar a população masculina, sobre a importância das consultas de rastreio e realização de exame de toque retal para o diagnóstico do câncer de próstata.

A Secretaria de Saúde realiza nas unidades de saúde da rede, ações de intensificação de consultas urológicas, exames de PSA e toque retal. Além da realização de palestras e distribuição de materiais educativos ao público interno e usuários do SUS.

No dia 12 de novembro, a SES-AM promoveu a intensificação de consultas com urologistas no Hospital Delphina Aziz e no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, com objetivo de facilitar o acesso para homens com mais de 50 anos com consultas urológicas em andamento no SisReg.

Leia também outras matérias

Servidores públicos do AM não terão aumento salarial até 2023, revela dep. Dermilson

Redação Zero Hora AM

Ministério Público vai investigar onde está o dinheiro da reforma da AM-010

Redação Zero Hora AM

TCE-AM julga 65 processos na sessão de terça-feira (20)

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo