26.3 C
Manaus
15 de julho de 2024 | 10:44

Em Itacoatiara, Eduardo Braga ganha apoio do prefeito Mário Abrahim e acelera campanha rumo ao 2º turno

Na sexta-feira (23-set), no dia que completou 54 anos de idade, o prefeito de Itacoatiara, Mário Abrahim (PSC), declarou oficialmente apoio à campanha do candidato ao Governo do Amazonas, Eduardo Braga (MDB).

O grande evento contou com a participação de mais de cinco mil pessoas e aconteceu na rua Beija-Flor, no bairro São Francisco, periferia de Itacoatiara.

O comício começou após uma megacarreata, saindo da entrada do município e percorrendo as principais ruas e avenidas da cidade, conhecida como “Velha Serpa”.

“Essa é a maior manifestação já apresentada a um governador do estado, que vai ser o meu querido amigo Eduardo Braga”, declarou o prefeito Mário Abrahim. Itacoatiara é o terceiro maior colégio eleitoral do Amazonas a declarar apoio aberto à campanha do 15.

Parintins e Manacapuru, primeiro e segundo maiores colégios eleitorais do interior, também declararam apoio a Eduardo Braga.

Eduardo desejou felicidades ao prefeito e bênçãos a Itacoatiara, para onde destinou mais de R$ 110 milhões em emendas parlamentares, sendo mais de R$ 78 milhões aplicados no maior pacote de obras de infraestrutura da história do município.

“Obrigado de todo o coração ao povo itacoatiarense, que sempre me deu carinho, respeito e espaço para falar de nossos desafios”, disse o senador.

“Amazonas vai voltar a crescer”

O candidato afirmou que o Estado vai voltar a crescer, a ter emprego e renda. “O povo de Itacoatiara quer ruas asfaltadas e uma estrada (AM-010) de verdade. Ano que vem, vamos asfaltar todas as ruas de Itacoatiara, tirar o povo da lama, da poeira e dar o respeito que a cidade merece”, garantiu.

Braga destacou que seu governo não vai cuidar apenas da infraestrutura do município, e que seu principal desafio, no início do mandato, é implantar o Novo Cidadão, o maior programa de transferência de renda da história do Amazonas e de combate à fome.

“A fome voltou a ocupar muitos lares do Amazonas, por conta do abandono e do desemprego, que voltou no Brasil”, disse.

“Tenho andado em todos os cantos do Amazonas e, lamentavelmente, estamos vendo que desse jeito não dá. Temos que dar condições ao povo para se alimentar, alimentar seus filhos. R$ 150 não é nada”, afirmou Eduardo.

“Uma botija de gás custa R$ 155, o arroz R$ 5, o feijão R$ 10. Você compra uma botija, um quilo de feijão e arroz e acabou. Em 2023, vou criar o auxílio de R$ 500, e mais R$ 600 do governo federal, serão R$ 1,1 mil para o povo.”, acrescentou o candidato.

“É mais gente comprando na feira, no mercado, no mercadinho, com o pescador e o produtor rural. É mais dinheiro circulando, e mais renda e mais emprego. É assim que a gente diz não ao desemprego e sim à geração de renda”, destacou o futuro governador.

Parceria com Lula

O senador lembrou que, para realizar as transformações que o Amazonas precisa, é fundamental a parceria do presidente da República. “Por isso que estou ao lado de Lula como presidente, pedindo voto aonde vou e estou. Quero ver um Brasil com esperança, feliz de novo, um Amazonas que possa contar com um presidente da República”, reafirmou.

O parlamentar lembrou que, quando governador (2003 a 2010), com o apoio do presidente Lula, implantou o programa Luz Para Todos no Amazonas e levou energia elétrica às comunidades rurais e indígenas.

“Onde não tinha um bico de luz, levamos a luz e a esperança. Onde não tinha geladeira, onde sonhavam com um freezer, fizemos as pessoas beber água gelada e guardar seus alimentos”, disse.

Na educação, lembrou também que, com a ajuda de Lula, implantou o ensino tecnológico e o ensino médio nas comunidades “para que seus filhos não saíssem de casa”.

“Quando cheguei ao governo, a UEA tinha 1,8 mil alunos. Quando entreguei o governo, a UEA tinha 20 mil alunos, e cursos de Engenharia Florestal e o Cetam, em Itacoatiara. Hoje acabaram com tudo. Mas, com a ajuda de Deus e do povo vamos voltar a dar esperança às pessoas”.

Financiamentos com apoio da Afeam

Eduardo Braga também afirmou que em seu governo vai criar o maior programa de financiamento para o interior, com a reabertura da Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

“Vamos fazer convênios com as prefeituras e levar créditos para todo o Amazonas, fazer com que o povo tenha esperança. Quando fui governador, financiei os pescadores. Eles vão voltar a ter créditos”, anunciou.

O futuro governador anunciou, também, que em seu governo, vai transformar o hospital de Itacoatiara em unidade de saúde com serviços de média e alta complexidade e garantir atenção à saúde de todos os municípios amazonenses, principalmente nos atendimentos básicos e preventivos.

“Vamos fazer isso nos primeiros dias de governo, porque tenho fé em Deus que vamos realizar um governo para o povo”, disse Eduardo Braga.

Leia também outras matérias

Amazonino e David Almeida têm encontro secreto para discutir aliança

Redação Zero Hora AM

Briga por x-salada causa a morte de homem, que levou marteladas na cabeça

Redação Zero Hora AM

Eduardo Braga tem candidatura ao governo do AM homologada pelo TRE

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo