26.3 C
Manaus
15 de julho de 2024 | 06:18

Festival de Parintins 2024: Amazonastur indica roteiro imperdível para quem visita pela primeira vez a Ilha da Magia

Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) é uma ilha com encantos culturais, como o Festival de Parintins, além de outros atrativos turísticos repletos de muita história. Pensando em uma experiência completa ao turista, o Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), preparou um roteiro com dicas de atrativos turísticos imperdíveis.

City tour no triciclo

A primeira dica é o famoso City Tour, a bordo do triciclo. Sustentável, charmoso e patrimônio cultural e imaterial do Amazonas, o triciclo é um dos principais meios de transporte da Ilha da Magia. Uma estrutura de metal, coberta por uma lona que se move pelo guidão de bicicleta, surgiu na década de 80 e, atualmente, é símbolo do município, sendo peça fundamental para fortalecer o turismo local, principalmente durante as apresentações dos bumbás Caprichoso e Garantido.

Com um city tour, o turista pode conhecer a cidade seguindo o roteiro especial montado pelos tricicleiros, que passa pelos principais atrativos da ilha, com conforto e segurança.

O roteiro inclui o Cais do Porto, onde fica localizado o letreiro da cidade, as Igrejas Sagrado Coração e Catedral e o Mercado Municipal.

Em Parintins, os tricicleiros fazem parte de duas associações da classe: a Associação de Tricicleiros de Parintins (ATPIN) e Associação dos Tricicleiros Turísticos de Parintins (ATTP).

Passeio rural

Além dos encantos culturais, Parintins possui exuberantes belezas naturais, sendo uma delas a Comunidade do Maranhão, localizada na zona rural da cidade. Banhada pelo rio Uaicurapá, a comunidade é ideal para se refrescar no calor do verão de Parintins.

Com 800 moradores, a localidade tem uma bela vista para o rio, oferecendo tranquilidade e uma vista para renovar as energias durante a correria do festival. O visitante pode ainda aproveitar para conhecer o restaurante da Peta, que oferece saborosos pratos regionais.

Na comunidade, os turistas também podem visitar a Associação de Produtores do Maranhão (Aspromar), onde é possível comprar presentes regionais que remetem às belezas da Amazônia.

O acesso à Comunidade do Maranhão é feito somente por via fluvial em lanchas rápidas, que saem da Marina Menina, em Parintins, com trajeto de aproximadamente 30 minutos. Para alugar uma lancha ou combinar o passeio, o visitante deve entrar em contato com o número (92) 99505-7634 e marcar o horário da saída e retorno.

Culinária parintinense

A culinária regional amazonense também é imperdível. Quem visita a ilha pela primeira vez, não pode deixar de experimentar o tacacá, a caldeirada de bodó, peixe do rio doce, e as iguarias regionais como a tapioca, que também entram no clima do festival e podem ser apreciadas nas cores azul e vermelha.

O famoso Maya’s Tacacá é referência na cidade. A história da banca é tradição de família há mais de 30 anos. “Minha mãe deu continuidade ao trabalho da minha avó. Cresci com a minha mãe trabalhando aqui. Na época do festival a gente trabalha com mais de 80 litros de tucupi, por tarde”, conta orgulhosa Lilei Garcia, neta da fundadora da banca, Dina Garcia.

FOTOS: Lucas Silva e Janailton Falcão /Amazonastur

Leia também outras matérias

Globo confirma volta de “O Rei do Gado”, 26 anos após estreia da novela

Redação Zero Hora AM

TCE-AM reprova contas da Câmara de Guajará e determina devolução de R$ 1,4 milhão aos cofres públicos

Redação Zero Hora AM

Estudantes da rede municipal só entram nas escolas se estiverem vacinados

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo