26.3 C
Manaus
24 de junho de 2024 | 04:44

Interior do AM deve ganhar hospital do câncer, defende dep. Tony Medeiros

O deputado Tony Medeiros (PSD) apresentou hoje (08-fev), na Assembleia Legislativa do Amazonas, duas propostas em forma de Indicativos. A primeira propõe que o Governo do Estado construa em Manaus uma nova unidade hospitalar para o tratamento contra o câncer. A segunda indicação solicita a interiorização do tratamento oncológico nos municípios polos do Estado.

“Reconheço o esforço da Fundação Cecon, mas acredito que esse hospital  está no seu limite. Já está mais do que na hora de termos em Manaus um novo hospital para tratamento oncológico”, defende Tony Medeiros. “Atualmente, a FCecon é uma referência nesse tratamento e atende pacientes de outros Estados da região, o que sobrecarrega ainda mais”, acrescenta o deputado.

Diante da urgência no tratamento contra o câncer, Tony Medeiros solicitou que o governo construa uma nova unidade hospitalar para oferecer mais agilidade e mais conforto aos pacientes e todo o corpo clínico.

O deputado lembrou ainda que um estudo realizado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) concluiu que metade dos pacientes brasileiros deixam seus municípios para fazer o tratamento de câncer.

Na avaliação de Tony, no Amazonas essa realidade chega aos cem por cento. “Nós conhecemos a realidade dos pacientes do interior que vem para Manaus em busca de um tratamento. Aqui as pessoas não têm onde morar, os recursos são escassos e acabam passando privações. Nesse sentido, faço esse indicativo para que seja feita o tratamento oncológico também no interior, mesmo que seja nas cidades polos”, esclareceu Tony.

Outra conclusão do estudo da Fiocruz indica que a dificuldade de tratamento devido às longas distâncias percorridas pelos pacientes aumenta a probabilidade da retirada das mamas em pacientes com este tipo de câncer.

“Em nosso Estado as distâncias são continentais. Esse é mais um componente que demonstra a necessidade de realizar tratamento oncológico nas cidades do interior”, afirmou o deputado.

Alimentação a preço popular

Com a intenção de minimizar as dificuldades das pessoas que vêm se tratar em Manaus, o parlamentar salientou que seja instalado no entorno da Fcecon um restaurante popular do programa “Prato Cheio”.

Nesse local os pratos são oferecidos por R$ 1,00. “Essa é uma maneira de amenizar o sofrimento das pessoas que acompanham os pacientes e que passam a maior parte do tempo nos corredores ou nos arredores do hospital. Com o “Prato Cheio” eles garantem pelo menos a alimentação”, completou o deputado.

Leia também outras matérias

TCE-AM aprecia 90 processos na sessão de terça-feira (16)

Redação Zero Hora AM

Dermilson Chagas denuncia contrato de R$ 160 milhões para prestação de serviço já realizado pelo Governo do AM

Redação Zero Hora AM

Governo e prefeitura devem contratar mais agentes para combater queimadas, defende vereador Caio André

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo