25.3 C
Manaus
27 de janeiro de 2023 | 09:56

Live de pagode registra tiroteio que matou dono do local onde acontecia show

A live de uma banda de pagode, que fazia um show no boteco Jardim Resto Bar, no bairro da Cachoeirinha, zona sul de Manaus, registrou o tiroteio que matou o dono do estabelecimento onde acontecia o show.

O crime aconteceu na noite de domingo (12-set), por volta das 20h, na praça do Mestre Chico 1, na Cachoeirinha. Uma mulher cujo nome não foi divulgado pela polícia, também foi alvejada na ação criminosa.

Segundo testemunhas, dois homens chegaram a pé no estabelecimento e se dirigiram até a vítima. Os suspeitos efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra o homem que não resistiu aos ferimentos e morreu. Os criminosos fugiram a pé do local.

A esposa da vítima também foi alvejada com tiros e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela foi levada para uma unidade hospitalar da cidade. Não se tem informações sobre o estado de saúde da mulher.

No momento da ação criminosa, um grupo de pagode se apresentava no estabelecimento e realizava uma transmissão ao vivo pelas redes sociais. Por meio da transmissão é possível ouvir os disparos e o desespero das pessoas que estavam no local.

De acordo com informações da polícia, a vítima já teria envolvimento com o tráfico de drogas. Em 2016 ele foi preso por porte ilegal de arma em um flutuante.

A vítima estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e era foragido. Segundo moradores da região, o homem atuava com o tráfico na área. Ele ainda seria dono de um flutuante.

Leia também outras matérias

PF apreende em Manaus três veículos de luxo no valor de R$ 2 milhões, operação Flair Play

Redação Zero Hora AM

Em troca de sexo, professora dá sanduíche do McDonalds para aluno no estacionamento do colégio

Redação Zero Hora AM

Celular Seguro: novo sistema da SSP-AM promete localizar e devolver aparelhos celulares roubados

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: