25.3 C
Manaus
13 de junho de 2024 | 08:57

Pirataria nos rios do Amazonas prejudica empresas de transporte aquaviário, alerta dep. Dermilson Chagas

A falta de segurança para as embarcações que navegam pelos rios do Amazonas, que são alvos fáceis para a ação de piratas, foi um dos temas abordados hoje (25-fev) pelo deputado estadual Dermilson Chagas, durante o Fórum Brasileiro de Transporte Aquaviário.

O evento foi realizado na Assembleia Legislativa do Amazonas e revelou que as seguradoras não querem fechar contratos com empresas de navegação devido aos constantes ataques de piratas, sobretudo no rio Madeira.

“A realização desse evento é importante para trazer conhecimento para a população sobre o que está acontecendo nos rios do Amazonas, em especial no Madeira, que é um rio navegável e pelo qual é escoada a produção da Zona Franca de Manaus, que é ameaçada pela questão da pirataria, que tem dado prejuízo à classe empresarial, prejudicando assim a geração de empregos, o volume de investimentos, o turismo”, afirmou Dermilson.

“Produzir para levar para o sul do Brasil e saber que não vai chegar é um problema sério para o transporte, que causa um problema lá na ponta, onde as pessoas pagam um custo alto que se chama ‘custo amazônico’. Então, a pirataria gera isso e muitas empresas que fazem seguro não querem fazer mais por causa desse fator”, acrescentou o deputado.

Dermilson disse, durante o seu discurso no evento, que a pirataria é um problema antigo, mas que a atual gestão do Governo do Amazonas tem a obrigação de combater e solucionar, pois essa modalidade de crime está aumentando e pode prejudicar o desenvolvimento de vários setores econômicos do Estado, entre eles o turismo.

O deputado disse que o Amazonas é uma marca conhecida mundialmente e que ela não pode ter a pirataria atrelada à ela, pois isso irá gerar uma péssima repercussão internacionalmente.

Dermilson Chagas é presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca, Aquicultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Comapa) e membro titular da Comissão de Assuntos Econômicos e da Comissão de Indústria, Comércio e Zona Franca da Aleam.

O parlamentar também é vice-presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação, Informática e Inovação; e membro titular da Comissão de Educação, da Comissão de Ética Parlamentar, da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Comissão de Obras, Patrimônio e Serviços Públicos; e membro suplente da Comissão de Empreendedorismo, Comércio Exterior e Mercosul e da Comissão de Saúde e Previdência.

Posse da nova diretoria

O evento foi promovido pela Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária (Fenavega), em parceria com a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e o Sindicato das Empresas de Navegação no Estado do Amazonas (Sindarma), e discutiu problemas das hidrovias nacionais, projetos, demandas e perspectivas para 2022.

O evento aconteceu no auditório Belarmino Lins, da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam).

Durante o evento, aconteceu a posse da nova diretoria do Sindarma, encabeçada pelo empresário Galdino Alencar e pelos vice-presidentes Madison Almeida Nóbrega, Oziel Mustafa dos Santos Neto e Erasmo Bertolini.

Além da posse da nova diretoria do Sindarma, a programação do fórum teve a participação do presidente da CNT, Vander Costa, e as apresentações da diretora do Departamento de Transporte Aquaviário do DNIT, Karoline Brasileiro, do presidente da Fenavega, Raimundo Holanda Cavalcante, da representante do Sindicato das Empresas de Navegação Marítima do Rio de Janeiro, Lilian Schaeffer e do presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Navegação de Apoio Portuário (Sindiporto), Luiz Felipe Antunes de Gouvêa.

Na segunda parte do fórum, foram realizadas as apresentações do diretor-executivo da Associação Brasileira dos Armadores de Cabotagem, comandante Luís Fernando Resano, de Carlos Augusto Cordovil da Associação Brasileira de Bunker (Abrabunker), e do presidente da Federação das Agências de Navegação Marítima (Fenamar), Marcelo Neri.

 

Leia também outras matérias

TCE-AM julga 138 processos na sessão de terça-feira (9)

Redação Zero Hora AM

Ivete Sangalo cancela show em Manaus e posta vídeo no Instagram

Hugo Bronzere

Projeto inédito no AM muda a vida de pessoas que cuidam de PcDs

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo