26.3 C
Manaus
27 de novembro de 2022 | 12:17

Prostituição será proibida na Espanha, afirma primeiro-ministro; saiba os motivos

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, se comprometeu no domingo (17-out) a banir a prostituição do país. A declaração foi dada durante o congresso do Partido Socialista, em Valência.

“Avançaremos abolindo a prostituição que escraviza as mulheres em nosso país”, disse Sánchez em seu discurso. O primeiro-ministro não deu mais detalhes sobre quais medidas serão tomadas nesse sentido.

De acordo com a BBC, uma pesquisa realizada em 2009 descobriu que um em cada três homens espanhóis pagou por sexo. Em 2016, um estudo da ONU estimou que a indústria do sexo na Espanha correspondia a 3,7 bilhões de euros.

A prostituição não é regulamentada por lei na Espanha, segundo a Deutsche Welle.

As pessoas que oferecem serviços, de forma voluntária, não são punidas. No entanto, a legislação da Espanha pune o combate ao tráfico de pessoas e quem explora a prostituição praticada por terceiros.

O Partido Socialista espanhol já havia se manifestado sobre a prostituição em 2019. Na ocasião, segundo a BBC, a agremiação publicou um manifesto eleitoral no qual prometia a proibição da prostituição. Mas, dois anos após a eleição, nenhuma proposta de mudança na legislação foi apresentada.

Leia também outras matérias

Chico Xavier: após 20 anos da morte do médium, relembre alguns ensinamentos e mistérios

Redação Zero Hora AM

Servidores da Aleam terão reajuste salarial após defesa de Dermilson Chagas

Redação Zero Hora AM

“As mulheres têm condições de ocupar quaisquer cargos, independente de setores”, afirma dep. Dermilson Chagas

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: