28.3 C
Manaus
2 de março de 2024 | 15:55

Sargento da marinha é morto a tiros após confusão em pagode de Manaus

Um sargento da marinha identificado como Osmar Caetano, de 41 anos, foi morto a tiros após uma discussão em um pagode, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. O técnico em mineração Fagner Fernandes Silva, de 29 anos, também foi vítima de arma de fogo e morreu durante a confusão.
De acordo com policiais do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o crime aconteceu por volta das 3h da madrugada deste domingo (20). O sargento estava no pagode com a ex-esposa e a atual namorada. Durante a festa, o militar teria discutido com os organizadores do evento e os três teriam sido expulsos do local.

Na área externa, o militar foi até o carro, pegou uma arma de fogo e atirou para o alto, pelo menos, cinco vezes, informaram testemunhas aos policiais.
Um outro homem, ainda não identificado, viu a situação e atirou contra o sargento, que morreu dentro do carro. Diante da situação, a ex-mulher do militar tomou a arma que ele estava e atirou em direção a pessoas que estavam no bar.

Um dos tiros atingiu Fagner Fernandes. Ele chegou a ser levado ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas não resistiu e morreu.
A mulher foi presa e levada ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e deve passar por audiência de custódia.

Posicionamento da Marinha

Por meio de nota, a Marinha informou que tomou conhecimento do fato e está oferecendo apoio necessário para familiares do militar. A marinha informou ainda que irá acompanhar o caso junto às autoridades.

Veja o vídeo:

Leia também outras matérias

Manaus tem novo apagão de Internet e empresas não sabem o motivo da falha

Redação Zero Hora AM

Erasmo Carlos morre aos 81 anos, no Rio de Janeiro

Redação Zero Hora AM

Novo golpe da casa própria é descoberto em Manaus

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo