25.3 C
Manaus
13 de junho de 2024 | 08:38

Sucuri de seis metros ataca criança de dois anos e tenta arrastá-la para morrer afogada

Um menino de dois anos quase morreu ao ser atacado por uma cobra sucuri amarela, de seis metros, que se enrolou na criança e tentou arrastá-la para um riacho.

O caso aconteceu no último sábado, na cidade de Vicentinópolis, em Goiás.

A criança brincava perto do riacho enquanto os pais trabalhavam limpando um terreno.

Ao ouvir os gritos do menino, o pai correu e encontrou a cobra enrolada na criança, tentando arrastá-la para a água.

O pai, ele pegou um pedaço de madeira e deu uma paulada na cabeça da cobra, mas mesmo assim ela não soltou a criança.

Cobra não soltava o menino

Uma patrulha policial que passava pelo local ouviu os gritos de socorro da mãe.

Apesar das tentativas de três homens fortes, o pai e dois policiais, eles não conseguiam desvencilhar a criança do animal, que lutava para manter o garoto preso. Os agentes não tiveram outra solução a não ser matar a sucuri.

O garoto foi levado rapidamente ao hospital, a cerca de 20 km da fazenda onde ocorreu o ataque, com ferimentos causados pela pressão da cobra e pelas mordidas do animal na perna da criança.

O menino foi atendido e liberado após ser medicado, já que a sucuri não tem veneno e não teve tempo para esmagar a criança.

O perigo da sucuri

De acordo com especialistas, é raro o ataque de sucuri a seres humanos na natureza.

A sucuri amarela só perde em força para a píton, a serpente africana, e assim como ela mata a presa enrolando-se nela e a asfixiando com a força dos músculos.

A sucuri amarela é a única serpente que consegue se alimentar dentro da água.

Leia também outras matérias

Garçom é morto por colega de trabalho porque reclamou de suco com muita água

Hugo Bronzere

Petrópolis: mortes pela chuva chegam a 120 e moradores estão passando fome

Redação Zero Hora AM

Homem é morto a facadas pela companheira em Manaus

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo