30.3 C
Manaus
6 de dezembro de 2022 | 21:07

URGENTE – Medidores instalados pela AM Energia cobram o dobro da energia consumida, revela CPI

Medidores instalados na casa dos consumidores pela empresa Amazonas Energia estão contabilizando o dobro da energia consumida. A denúncia grave foi feita pelo Instituto de Pesos e Medidas (IPEM/AM), na 23ª reunião itinerante da CPI da Amazonas Energia, realizada no bairro Alvorada II, na zona centro-oeste de Manaus.

O diretor-presidente do IPEM/AM, Márcio Brito, disse que população está correta quando reclama da leitura dos medidores. “Fiscalizamos mais de 25 mil medidores de energia elétrica. Os consumidores têm razão, pois os aparelhos estavam marcando errado. Em alguns casos, o valor cobrado era o dobro do consumido”.

O diretor-presidente do IPEM/AM afirma que o laudo da Amazonas Energia é unilateral e ilegal. “O laudo da concessionária não tem validade, visto que o oficial é do Ipem. O Ipem é o órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), para realizar a medição e definir se os medidores de energia estão marcando corretamente ou não”, completou Márcio Brito.

A sessão itinerante ocorreu na tarde de sexta-feira (11-fev) e contou com a participação dos moradores do bairro Alvorada II, entre eles Izaquiel Alves, de 59 anos, que revelou ter sua energia cortada após uma cobrança de R$ 80 mil reais, gerada pela Amazonas Energia.

O presidente da CPI da Amazonas Energia, deputado Sinésio Campos, afirmou que irá lutar na Assembleia Legislativa para que os consumidores inadimplentes junto à concessionária não tenham seus nomes encaminhados ao Serasa.

“Não queremos que as dívidas de energia sejam repassadas aos cartórios, visto que quando há esse repasse, o nome segue para o Serasa. De uma multa pequena, acaba virando algo impagável”, declarou Sinésio.

Leia também outras matérias

Megamotociata de deputado Pablo recebe apoio dos moradores da Compensa

Redação Zero Hora AM

Ex-BBB leva surra na festa da vitória do Caprichoso porque vestia vermelho

Redação Zero Hora AM

Após um ano da crise do oxigênio, ninguém foi punido pela morte de centenas de amazonenses

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: