25.3 C
Manaus
13 de junho de 2024 | 09:26

Wilson Lima pede prioridade ao Ministério das Cidades para avanço de projetos de habitação do Estado já aprovados pelo Governo Federal

O governador Wilson Lima apresentou, nesta terça-feira (21-mai), ao ministro das Cidades, Jader Filho, um pedido de prioridade para avanço de projetos de habitação do Estado já aprovados pelo Governo Federal, que fazem parte do Amazonas Meu Lar – maior programa de habitação já realizado pelo governo estadual, que contempla seis projetos, totalizando 720 unidades pelo Minha Casa Minha Vida.

“A gente tem trabalhado para ofertar, de várias formas, moradias dignas para as pessoas que mais precisam. Essa parceria junto ao Governo Federal é importante para que a gente alcance com rapidez esse objetivo, seja construindo moradias ou financiando a entrada e aproveitando, claro, áreas em que essas famílias tenham acesso a serviços básicos e que estejam inseridas na dinâmica social“, destacou Wilson Lima.

Na reunião, realizada em Brasília, na sede do Ministério das Cidades, o governador esteve acompanhado dos secretários de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb), Fausto Júnior; do chefe da Casa Civil, Flávio Antony; e da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Marcellus Campêlo; além do diretor-presidente da Superintendência de Habitação (Suhab), Jivago Castro.

 

Entre os projetos já aprovados e em análise na Caixa Econômica Federal (CEF), estão o Edifício da Receita Federal (Centro), com 128 unidades; o Conjunto Cidadão X, com 192 unidades; na área remanescente na Ponte Rio Negro, com 256 unidades; no bairro Novo Aleixo com 48 unidades; em Petrópolis com 32 unidades; e no bairro Alvorada com 64 unidades.

Retrofit

O Governo do Amazonas já publicou novo edital de Chamamento Público para credenciar empresas interessadas no chamado “retrofit”, para requalificação do antigo prédio da Receita Federal com 17 andares destinado a implantação de residencial pelo programa Amazonas Meu Lar, em parceria com o Minha Casa Minha Vida.

O imóvel pertence à Superintendência do Patrimônio da União (SPU) e será doado ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) para habitações de interesse social. A subvenção econômica concedida com recursos do FAR é limitada até R$ 229.600,00, por unidade habitacional, sendo que 2% desse valor destinam-se ao valor do trabalho social.

O novo empreendimento residencial poderá oferecer até 128 unidades habitacionais para o atendimento das famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.640,00, pertencentes a Faixa 1, cadastradas no maior programa habitacional do Estado, o Amazonas Meu Lar. O credenciamento pelas empresas segue aberto até o dia 10 de junho.

Amazonas Meu Lar

Maior programa habitacional do Estado e lançado em 2023 pelo governo Wilson Lima, o Amazonas Meu Lar tem investimentos estimados em R$ 4,7 bilhões e prevê mais de 24 mil soluções definitivas de moradia para a população de baixa renda, sendo 22 mil novas unidades habitacionais e a regularização de 33 mil imóveis.

Fotos: Diego Peres / Secom

Leia também outras matérias

Mãe acorrenta filho de 10 anos com medo do garoto se envolver com tráfico de dr0gas

Hugo Bronzere

João Lira lança pré-candidatura à vereador de Manaus

Redação Zero Hora AM

Motorista bêbado atropela seis pessoas em frente à lanchonete na zona norte de Manaus

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo