25.3 C
Manaus
27 de janeiro de 2023 | 10:27

Home office: ferramentas podem auxiliar no gerenciamento de equipe

São Paulo, SP 23/9/2021 –

Há pouco mais de um ano a OMS, Organização Mundial da Saúde, reconhecia a COVID-19 como pandemia. De lá para cá, muita coisa mudou – e a tecnologia tornou-se aliada para a gestão

De acordo com o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 3,8 milhões de brasileiros já trabalhavam em home office antes da pandemia. O modelo que permite que os funcionários prestem seu serviço sem estar presencialmente no escritório teve mais visibilidade com a necessidade do distanciamento social.

De qualquer forma, o home office já era desejo de muitos: dados disponibilizados pela Buffer no ano de 2019 demonstraram que 98% dos entrevistados tinham interesse em trabalhar remotamente ao menos uma vez na vida. 

Atualmente, o home office segue como regra para serviços não essenciais. Por isso, pouco mais de um ano depois do novo modelo de trabalho, as corporações buscam por formatos que possam apoiar o gerenciamento de equipes e garantir o bom atendimento aos clientes. 

Transformação digital

Acompanhar resultados e realizar a gestão de uma equipe a distância não é tarefa fácil. Por esse motivo, a ajuda da tecnologia se faz presente. Nesse cenário, a tecnologia ajuda mais uma vez. “Um CRM pode ajudar a organizar todas as áreas – das vendas ao atendimento. Isso porque a ferramenta oferece uma visão completa de como um cliente se relaciona com a empresa, trazendo dados concretos para avaliação de satisfação e produtividade”, diz Karin Campos, CEO da GVP.Digital.

Indo além da organização, o resultado de um CRM reflete de forma positiva no faturamento da empresa: de acordo com estudo realizado pela Nucleus Research, empresas norte-americanas que utilizam a ferramenta conseguem retorno 9x maior do que o investimento. 

Dessa forma, a utilização da tecnologia já se faz presente. 91% das empresas com mais de 10 funcionários já utilizam algum software para organização ao redor do mundo, segundo a CRM Magazine. 

No Brasil, o cenário ainda é diferente, mas Karin espera que ele mude em breve. “Não existem mais dúvidas em relação à importância da tecnologia para otimização de processos corporativos. Cada vez mais, será preciso acompanhar resultados a distância e ter a possibilidade de centralizar dados e informações se tornará um diferencial competitivo”, finaliza.

CRM para todas as áreas

A GVP.Digital foi fundada em 2002 por meio de um processo de terceirização da área de helpdesk do grupo Siemens. Dez anos depois, a corporação entendeu que era necessário transformar seus serviços em uma plataforma de CRM, evoluindo o que já havia criado anteriormente e desenvolvendo soluções com foco em atendimento ao cliente e vendas.

Atualmente, o software oferece suporte para seus clientes e disponibiliza acompanhamento de atendimentos realizados via chat, telefone, WhatsApp, SMS e redes sociais.

Para saber mais, basta acessar: https://www.gvp.com.br/

Website: https://www.gvp.com.br/

Leia também outras matérias

Amazonas é o terceiro Estado do País em número de empregos informais, aponta relatório do IBGE

Redação Zero Hora AM

Dep. Wilker Barreto cobra explicações da compra milionária de livros paradidáticos pela Seduc

Redação Zero Hora AM

Negócio Cultural: Projeto que aponta caminhos para quem quer empreender abre novas vagas em Manaus

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: