26.3 C
Manaus
27 de novembro de 2022 | 12:15

ALE-AM deve investigar erros do governo Wilson Lima durante pandemia, exige Wilker Barreto

Em seu primeiro pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) em 2022, o deputado estadual Wilker Barreto (sem partido) voltou a cobrar a instalação da CPI da Asfixia para apurar os atos do Governo do Amazonas durante a pandemia da Covid-19. Para o parlamentar, os erros cometidos pelo Executivo estadual na condução das fases mais agudas da doença, principalmente durante a crise do oxigênio em janeiro de 2021, precisam ser investigados pela Casa Legislativa.

O Líder da oposição na Aleam afirmou que a demora do Parlamento estadual em instaurar a CPI da Asfixia, para investigar todos os contratos e gastos feitos pelo governo desde o início da pandemia, março de 2020, até o fim da Comissão, é uma falta de respeito às famílias das mais de 14 mil vítimas da Covid no Amazonas. Até o momento, o pedido de CPI conta com seis assinaturas de oito necessárias para a abertura da comissão: Delegado Péricles (PSL), Dermilson Chagas, Ricardo Nicolau (PSD), Serafim Corrêa (PSB), Sinésio Campos (PT) e o próprio Wilker.

“Esta Casa tem o dever de investigar a omissão, o crime, o abandono de um governo que errou na primeira, errou na segunda e está errando na terceira onda. Em outubro, o secretário de saúde do Wilson faz o prenúncio de uma possível terceira onda, e o que fez o mesmo? Não fez nada, não equipou nada, não contratou profissionais e pelo contrário, ainda permitiu a realização de grandes eventos”, ponderou Barreto.

O deputado aproveitou para relembrar o posicionamento da Casa Legislativa, que não prorrogou os trabalhos da CPI da Saúde em 2020, e criticou o mesmo comportamento diante da CPI da Asfixia, proposta em julho de 2021 na Aleam, e que até o momento não avançou.

“É inacreditável que o silêncio de um tema tão importante paire sobre o Poder Legislativo. Eu concordo com a prorrogação dos trabalhos da CPI da Energia, é justo, mas não conseguimos prorrogar a CPI da Saúde em plena Covid. Esta Casa esvaziou sessões, mas para prorrogar a CPI da Energia foi em segundos”, ponderou.

Agradecimentos

Ainda na tribuna, o deputado Wilker Barreto agradeceu as manifestações de solidariedade após a morte do seu pai, José Maurício de Lavor Barreto, aos 78 anos de idade, no último dia 31 de janeiro.

“Na oportunidade, quero agradecer a toda palavra de carinho, gesto desta Casa, dos amigos das redes sociais, dos amigos de que forma presencial estiveram no velório, na missa de sétimo dia do meu pai Barreto. Foi um momento difícil para a nossa família, mas o que nos conforta e que nos deixa firmes na caminhada é a fé, fé essa que meu pai me ensinou, minha mãe me encaminhou, e é o ciclo da vida”, finalizou.

Leia também outras matérias

Mulher é flagrada fazendo sexo com mendigo; “foi uma mensagem de Deus”, disse ela

Redação Zero Hora AM

‘Auxílio dobrará de valor e Djalma será alargada’, diz David Almeida

Redação Zero Hora AM

Adolescente é assaltada e estuprada em Manaus

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: