28.3 C
Manaus
2 de março de 2024 | 16:22

Cabeças cortadas: Facções criminosas no AM usam táticas terroristas do Talibã e Al Qaeda

A onda de violência que atinge o Amazonas pode ser comparada aos atos terroristas de grupos extremistas do Oriente Médio, onde a decapitação de inimigos tornou-se banalidade.

Com inspiração nos atos terroristas praticados pelo Estado Islâmico, Al Qaeda e Talibã, as facções criminosas que comandam o tráfico de drogas no Amazonas cortam a cabeça de seus adversários.

A medida é vista como exemplo de força e intimidação entre os bandidos, que filmam as execuções e compartilham nas redes sociais.

Após decapitarem o inimigo, os traficantes exibem a cabeça como troféu, que depois é descartada numa rua qualquer da cidade, para terror dos cidadãos de bem.

Segundo uma pesquisa feita pelo portal Zero Hora AM, entre os meses de setembro a dezembro de 2021 foram registradas no Amazonas mais de 100 mortes violentas, com sinais de execução.

Não basta ‘apenas’ matar o adversário. Tem que fazê-lo sofrer, com requintes de crueldade. Tem que filmar tudo e mostrar para a sociedade, como fazem os terroristas do Talibã e Al Qaeda.

Cabeças cortadas

O caso mais recente registrado em Manaus aconteceu ontem (5-jan), quando uma cabeça humana, com as orelhas cortadas, foi encontrada por volta das 16h, em um rip-rap na rua da Paz, na comunidade Parque São Pedro, no bairro Tarumã, na zona oeste da cidade. A vítima é um homem ainda não identificado.

De acordo com moradores da área, criminosos em uma motocicleta chegaram ao local e jogaram a sacola no rip-rap. Ainda conforme testemunhas, para avisar sobre o crime, os suspeitos teriam efetuado pelo menos três tiros para o alto.

As mortes revelam dados assustadores em relação à segurança pública e comprovam que o governo do Amazonas perdeu o controle nas áreas dominadas pelas facções criminosas.

Leia também outras matérias

Projeto “Ana Por Elas” lança campanha para ajudar jovem vítima de violência em Manaus

Redação Zero Hora AM

Bairros Distrito Industrial e Parque das Laranjeiras recebem obras de infraestrutura solicitadas pelo vereador Jander Lobato

Redação Zero Hora AM

Famílias em Manaus consomem, em média, 500 litros de água por dia, revela estudo

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo