26.3 C
Manaus
4 de dezembro de 2022 | 05:25

Funcionários do Detran-AM fraudavam documentos de caminhonetes de luxo, gerando rombo de R$ 500 milhões

Um grupo de 26 funcionários do Departamento de Trânsito de Amazonas (Detran-AM) fraudava documentos do órgão para facilitar a venda de caminhonetes para outros Estados.

Os funcionários tiravam a restrição de circulação do veículo fora do Estado, que deveria constar no documento no ato do primeiro emplacamento. Sem essa proibição, o veículo comprado mais barato no Amazonas acabava revendido em outros locais pelo preço maior.

O esquema criminoso foi alvo de operação realizada hoje (17-nov) pela Polícia Federal, que apreendeu documentos em várias concessionárias e lojas de veículos em Manaus.

A participação dos funcionários foi confirmada hoje (17-nov) pelo Detran-AM, que disse que as fraudes foram descobertas ano passado, dentro do próprio órgão. Na época, a Polícia Civil foi acionada e pôs fim ao esquema que fraudou mais de R$ 30 milhões em impostos estaduais e federais.

Na ocasião, 26 pessoas foram presas, entre elas despachantes veiculares, servidores do órgão, estagiários, e ex-servidores.

 

Leia também outras matérias

Combate à fome e pobreza será uma das prioridades de Amazonino, diz Humberto Michiles

Redação Zero Hora AM

Acidente grave na Avenida das Flores deixa vários feridos em Manaus

Redação Zero Hora AM

Programa Mais Inclusão: entrega de cadeiras de rodas tem participação do dep. Tony Medeiros

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: