28.3 C
Manaus
15 de abril de 2024 | 03:13

Mulher que transou com mendigo deve passar por exame de saúde mental

A mulher flagrada pelo marido fazendo sexo oral num mendigo deve passar por exame de saúde mental, solicitou o juiz Eduardo da Rocha Lee, da Vara Cível de Planaltina, no Distrito Federal.

A solicitação foi feita no âmbito da ação em que o marido pede a suspensão de perfis fakes do casal nas redes sociais. Segundo o magistrado, os documentos sobre a saúde mental da mulher devem ser mostrados para justificar a nomeação de uma outra pessoa para representá-la no processo judicial.

O magistrado aceitou o pedido do casal para que o processo fique em segredo de Justiça. Na decisão, Lee solicitou que sejam indicados os perfis que contenham as imagens e informações que devem ser removidas.

Na semana passada, a advogada Cláudia Pignata disse que, “a priori, nosso pedido é para que sejam derrubados os perfis fakes. Inclusive, no fim de semana, saiu uma notícia sobre um perfil em nome do Eduardo e que pedia uma vaquinha on-line, mas não é de verdade”.

Leia também outras matérias

Pista de pouso e decolagem do aeroporto de Manaus ficará fechada 8 horas por dia até janeiro de 2024

Redação Zero Hora AM

Mais de 40 mil empresas foram abertas no Amazonas em 2022

Redação Zero Hora AM

Homem que ateou fogo em lotérica de Manaus tem prisão decretada

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo