30.3 C
Manaus
27 de fevereiro de 2024 | 15:39

URGENTE: motoristas e cobradores podem paralisar o transporte coletivo de Manaus, caso as empresas não paguem o 13ª salário

Motoristas e cobradores de ônibus de Manaus ameaçam uma greve geral caso os valores referentes às duas parcelas do 13ª salário não sejam pagos até a próxima sexta-feira (15-dez).

A data foi acertada com o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), que está em negociação com as empresas de transporte.

Em nota enviada a imprensa, o Sinetram não fala de pagamento no dia 15 e diz que vai quitar o décimo terceiro dos trabalhadores até o dia 20 de dezembro.

O Sindicato confirma, entretanto, que o plano é pagar tudo nesta sexta-feira.

O dia 15 de dezembro foi a terceira data prometida pelas empresas ao sindicato para pagar o 13º salários dos rodoviários. Por lei, as empresas brasileiras devem pagar a primeira parcela até o dia 30 de novembro, e a segunda até o dia 20 de dezembro.

Sem receber motoristas e cobradores, os empresários alegaram que estão sem dinheiro em caixa e que a primeira parcela seria depositada em conta no dia 5 de dezembro.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Josildo Oliveira,  disse que a última promessa das empresas era quitar as duas parcelas na próxima sexta-feira.

“Os empresários já comunicaram ao sindicato que não tem dinheiro para pagar o décimo”, disse o presidente do sindicato, Josildo Oliveira.

De acordo com Oliveira, as empresas alegam que não estão recebendo os subsídios referentes ao Passe Livre Estudantil.

O governo do Estado disse que repassou a última parcela dos subsídios à prefeitura na semana passada. A reportagem entrou em contato coma Prefeitura de Manaus, mas não obteve resposta.

 

 

Leia também outras matérias

Wilker propõe aos órgãos de controle a contratação direta de profissionais terceirizados da Saúde pelo Governo do AM

Redação Zero Hora AM

Filme dos Mamonas Assassinas estreia hoje nos cinemas de Manaus

Hugo Bronzere

“É uma vitória dos amazonenses”, comemora Eduardo Braga sobre decisão do STF em favor da Zona Franca de Manaus

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo