24.3 C
Manaus
13 de junho de 2024 | 03:19

Wilson Lima solicita a congressistas americanos apoio para instalação de consulado dos EUA em Manaus para emissão de vistos

O governador do Amazonas, Wilson Lima, solicitou apoio de cinco congressistas americanos para a instalação de um consulado da embaixada dos Estados Unidos (EUA) em Manaus. O pedido busca além da oferta do serviço de emissão de vistos para o país norte-americano, oferecer apoio aos turistas daquele país que visitem o Estado. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (15-mai), no Capitólio, que abriga o Senado e a Câmara, em Washington D.C.

O governador destacou a importância da parceria entre Brasil e EUA e disse que um caminho para fortalecer essa relação é estabelecer um escritório da embaixada norte-americana no maior estado brasileiro e que é ponto estratégico para viagens aos Estados Unidos e outros países da América do Sul.

“Viemos conversar com os congressistas americanos para pedir apoio no sentido de instalar um consulado em Manaus para dar apoio, naturalmente, aos americanos que visitam a Amazônia, estreitar esse laço comercial entre o estado do Amazonas levando em consideração a Zona Franca que a gente tem e os produtos que são fabricados lá com os Estados Unidos”, explicou Wilson Lima.

As reuniões foram, individualmente, com os deputados federais Matt Gaetz, Ronnie Jackson e Marjorie Taylor Greene e com os senadores Mike Lee e Tommy Tuberville. Acompanharam o governador o secretário-chefe da Casa Civil, Flávio Antony, e o presidente do Conselho Administrativo da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Leonardo Leão.

Justificativa

No Congresso americano, o governador Wilson Lima destacou alguns pontos para que haja a emissão de vistos na capital do Amazonas, incluindo a ausência de um posto na região norte. Hoje, o serviço é oferecido pela embaixada em Brasília (DF) ou nos quatro consulados localizados em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Porto Alegre (RS).

A localização geográfica de Manaus a torna um ponto estratégico para viagens aos Estados Unidos e outros países da América do Sul como Colômbia, Peru e Venezuela. A capital do Amazonas está em uma região central, facilitando o acesso de residentes de estados vizinhos, sendo o Amazonas é o Estado brasileiro mais próximo dos Estados Unidos. O Estado conta com voos diretos de Manaus para Miami e Fort Lauderdale, com duração média de cinco horas.

A Zona Franca de Manaus (ZFM) também é um dos pontos apresentados por Wilson Lima. Os EUA têm forte relação comercial com as indústrias. São 400 empresas internacionais que contam com Miami e Manaus como pontos de apoio. A disponibilidade de um escritório consular em Manaus facilitaria o acesso a emissão de vistos, especialmente para os trabalhadores e empresários da ZFM, que frequentemente precisam viajar aos Estados Unidos a negócios.

Além de ser o maior estado brasileiro com 1,5 milhões de quilômetros quadrados, é a unidade da federação com 97% de sua cobertura natural preservada. É a maior extensão de floresta contínua do planeta. Segundo o governador, a presença do escritório consular em Manaus seria um claro compromisso dos EUA com a região norte do Brasil e com o desenvolvimento social e econômico da região, contribuindo para a integração internacional da Amazônia brasileira.

Fotos: Diego Peres / Secom

Leia também outras matérias

Moradores do conj. Dom Pedro denunciam quedas de energia e deputado Wilker Barreto cobra providências da AM Energia

Redação Zero Hora AM

Mais de 20 mil aparelhos são bloqueados após envio de alertas

Redação Zero Hora AM

Bolsonaro será indiciado “por vários crimes”, afirma Renan Calheiros

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Pular para o conteúdo