28.3 C
Manaus
7 de fevereiro de 2023 | 13:13

Exército do Brasil gasta R$ 3,5 milhões em próteses penianas infláveis

O Exército Brasileiro gastou quase R$ 3,5 milhões na compra de 60 próteses penianas infláveis em 2020 e 2021. As aquisições estão disponíveis no Portal da Transparência e no Painel de Preços do governo federal.

De acordo com os dados dos pregões, as próteses têm comprimento entre 10 e 25 centímetros e cada unidade custa entre R$ 50 mil e R$ 60 mil.

Elas foram entregues para hospitais militares de São Paulo e de Mato Grosso do Sul (saiba mais abaixo) e as compras foram realizadas em três processos licitatórios:

  • 10 unidades por R$ 50.149,72cada
  • 20unidades por R$ 57.647,65 cada
  • 30unidades por R$ 60.716,57 cada

No total, foram gastos R$ 3.475.947,30.

 

O que diz o Exército

O Exército informou que apenas três próteses penianas foram adquiridas, em 2021, “para cirurgias de usuários do Fundo de Saúde do Exército (FUSEx)”, apesar dos pregões anunciarem a compra de 60 .

Por telefone, a assessoria de comunicação do Exército disse que “há duas fases no processo de licitação e, que na primeira etapa, o pedido é feito acima do que é necessário”.

Em 2021 não foi a primeira vez que o governo federal abriu licitação para a compra de próteses penianas. Em 2018, um pregão eletrônico pediu a aquisição de 10 próteses para o Hospital das Forças Armadas (HFA), de Brasília.

 

Leia também outras matérias

Por que postos de combustível do AM não repassaram desconto na gasolina anunciado pela Petrobras?

Redação Zero Hora AM

Transfobia: Brasil é o país que mais matou pessoas trans em 2021

Redação Zero Hora AM

Bolsonaristas preparam manifestação para quinta-feira, contra “retorno do comunismo”

Redação Zero Hora AM
Carregando....
Skip to content
%d blogueiros gostam disto: